Carregando...

Arroz à grega


Olá pessoas queridas! Como passaram o final de semana? Espero que todos muito bem. E vamos nos preparar para mais uma semana e aproveitar outro feriado que vem aí amanhã né?
Hoje para minha Segunda Sem Carne, fiz uma receita simples mas que gostamos muito pela variedade de legumes que vai na receita e por ser um prato bem colorido.
Além de ser um prato completo, saboroso e bem nutritivo. Servi acompanhado de batatas com ervas e salada de rúcula. Estava ótimo.

Ingredientes

1/2 lata de milho verde
1/2 lata de ervilhas
1 cenoura
200 grs de vagem
1/2 pimentão vermelho
1/2 pimentão verde
1/2 xícara (chá) de azeitonas verdes picadas
1 cebola ralada
1 dente de alho picado
3 xícaras (chá) de arroz
6 xícaras (chá) de água fervente
2 colheres (sopa) de azeite

Se voce quiser pode acrescentar uvas passas (não coloquei hoje)

Modo de preparo

Pique os pimentões e a vagem em pedaços pequenos. Leve em uma panela com água e cozinhe por 5 minutos deixando al dente. Reserve.
Em outra panela, leve ao fogo o azeite com a cebola e o alho e refogue até a cebola ficar transparente. Acrescente a cenoura ralada no ralo do lado grosso. Adicione o arroz lavado e escorrido, refogue muito bem o arroz, coloque sal a gosto e despeje a água fervente. Cozinhe o arroz em fogo baixo até secar a água. Se necessário acrescente mais água. Reserve.
Espere o arroz amornar e acrescente os legumes que foram cozidos, o milho, as ervilhas e as azeitonas picadas. Passe o arroz para um refratário e sirva a seguir
Servi com batatas cortadas em rodelas bem finas salteadas com manteiga, sal e ervas aromáticas. E uma saladinha de rúcula


Bom Apetite!!





OBS: Não esqueçam  que hoje é o último dia para se inscrever no Sorteio da Carne Seca Paineira, a melhor carne seca do Brasil. Participe! Até as 24:00 hs de hoje voce pode se inscrever, amanhã anunciarei o ganhador. Para participar clique AQUI

UMA EXCELENTE SEMANA À TODOS

AMO PESSOAS

Amo pessoas que acordam no meio da noite, só para escutar o barulhinho da chuva no telhados.
Elas sabem ouvir o canto de Deus... 


Amo pessoas que fazem do presente um caminho para o futuro, com algumas trilhas secundárias e até alguns atalhos. Elas entendem de liberdade...


Amo pessoas que escrevem sua história sem ignorar os borrões, mas fazendo deles uma lição de vida, elas jamais serão esquecidas...











 Amo pessoas que posso chamar de amigo.
Elas enfeitam dia a dia o caminho que trilho, vêem minhas qualidades, mas defeitos também e ajudam-me



Amo pessoas que sabem conviver, tolerando o que for intolerável, encontrando uma justificativa para resgatar a harmonia, elas entendem de perdão...  





Amo pessoas de todas as idades, essas que não sabem a idade que têm, que são, velhos, adolescentes, crianças, elas sabem se encaixar no tempo.... 




Amo pessoas que quando perdem a fé, engravidam o coração e conseguem parir um novo, para ensinar e aprender!  











Amo pessoas que cantam no chuveiro, que olham o espelho,
se acham lindas e sorriem para a imagem devolver o sorriso, elas com certeza receberão sorrisos, sem espelho...




Amo pessoas que valorizam riquezas do espírito e ignoram a miséria das almas, elas entendem que pobre é aquele coitado, que só possui bens materiais. 












Amo pessoas que cuidam da natureza, que espalham sementes, plantam árvores e florescem o mundo, elas colherão frutos doces, independentes das estações...  


Amo pessoas de mãos generosas no doar, no afeto e no oferecer, elas entendem que o presente fica em parte com quem recebe,  mas mais com quem doa... 


Amo pessoas que não têm medo de se arriscar, de mudanças, de finais nem recomeço. Elas jamais dirão: Como seria, se eu tivesse tido coragem...  












Amo pessoas que ficam olhando o horizonte de bobeira, que deitam na grama para olhar nuvens passar ou contar estrelas, elas conhecem e muito, de paz.... 



Amo pessoas que não gostam de julgar, gente preguiçosa que lega a Deus essa tarefa, elas sabem que Ele resolve tudo, no tempo Dele e não no delas....  




Amo pessoas que misturam pais, filhos, netos, primos, tios, avós, que brigam, se desculpam e que não se separam, elas sabem a importância da família... 










 
Amo pessoas que escutam passarinho quando canta, que olham o sol quando levanta e que brincam de faz de conta como criança, elas sabem que ser feliz é simples...  







Amo pessoas que estimam os animais, sem olhar a raça, que afagam suas cabeças como um amigo, elas sempre serão recebidas com uma lambidela de carinho.... 












Amo pessoas que soltam bolinhas de sabão, pipas coloridas e param para escutar a música do realejo, elas brincam com a criança interior da alma e a impede de crescer...





Amo pessoas que iluminam o olhar diante da pessoa amada, que beijam na boca e não estão nem aí para a platéia, para julgamentos, ou ridículo, elas amam amar o amor... 

Autor: Lady Foppa
Imagens: Google







  EXCELENTE DOMINGO E FERIADO À TODOS


Desafio Aceito




A querida amiga Adelaide do blog Eu sei...vou contar me passou um desafio onde as regras determinadas são:

- Escrever 11 fatos aleatórios sobre mim
- Responder às perguntas propostas e criar 11 novas perguntas para as próximas pessoas
- Escolher as próximas pessoas e colocar o link de quem desafiou
- Ir à pagina de quem escolheu e propor o desafio

Meus 11 fatos aleatórios, vou tentar não repeti-los em um outro desafio que eu havia recebido neste post

1 - Já vendi muitas cestas de café da manhã a uns anos atrás
2- Também fiz muito ovos de Páscoa
3- Adoraria fazer um curso de confeitaria, mas o tempo $$ não me deixou ainda
4 - O primeiro lugar que gostaria de conhecer no Brasil, que ainda não conheço seria o Sul
5 - Adoro colecionar revistas e livros de receitas culinárias
6 - Algo que me tira do sério: Desrespeito. Todo ser vivo merece respeito
7 - Falo demais, mas geralmente gosto mais de ouvir
8 - Uma atitude que não  concordo: Quando a dona da casa diz que não tem café pronto, mas se a visita quiser, vai fazer. Essas coisas não se pergunta, se faz.
9 - Sou ciumenta, demais da conta
10- Se tem uma coisa que me deixa irada, é ter as roupas limpinhas e cheirosinhas no varal e cair uma chuva torrencial quando não estou em casa. Lavo tudo novamente.
11- Odeio esperar, tenho pressa de tudo, quando quero algo, quero para ontem.

Respostas às perguntas feitas:

1 - Como é a sua relação com sua familia?

Nos damos bem, embora a familia seja pequena e  não nos vemos frequentemente, nos falamos todos os dias

2 - Qual é o seu maior sonho?

Conhecer alguns lugares do Brasil que ainda não tive a chance de visitar

3 - Qual foi o momento mais dificil que já passou na sua vida?

Perder meus pais

4 - Qual sua profissão? Está satisfeita?

Sou dona de casa (deveria ser uma profissão) E não foi por opção. Quando se chega nos "enta" não existe mais emprego para nós

5 - Qual sua comida preferida?

Essa é dificil, mas vou optar por peixe

6 - O que sabe fazer de melhor?

Cozinhar, adoro cozinhar

7 - Qual seu lazer preferido?

Assistir um bom filme ou ler um bom livro

8 - Como conheceu seu amor?

Em uma danceteria ( ainda existe essa palavra? hehe)

9 - Se encontrasse uma lâmpada mágica qual seria seu maior desejo?

Desejaria que minha filha fosse eternamente feliz e que jamais sofresse. (Embora saiba que é com sofrimento que aprendemos a crescer  e que lâmpada mágica infelizmente não existe)

10 - Se ganhasse na Mega Sena o que faria com o prêmio?

Daria metade para minha filha, construiria um mega abrigo para os animais abandonados, e com o restante iria viajar o mundo


A regra seria escolher algumas pessoas para passar o desafio, prefiro que sintam-se a vontade para vir aqui pegar o desafio, quem quiser participar
Adelaide, obrigada pela indicação
E quem não a conhece, convido a todos que passem pelo seu blog, um cantinho muito gostoso de se ler.


Pessoal não esqueçam que tá rolando 2 sorteios aqui no Cozinhando com Josy

Sorteio da Melhor Carne Seca do Brasil Paineira AQUI corre que dá tempo.

Sorteio de um lindo kit Café Pelé AQUI

 


 FELIZ SÁBADO À TODOS


Antepasto de Abobrinha da Rachel


Olá Pessoal!! Não sei se vocês sabem, mas eu adoro abobrinha hehe. Piadinhas à parte, quando vi que era abobrinha, já gostei, quando vi que era receita da Rachel do Na Biroskinha aí não tive dúvidas, fui correndo buscar que eu já sabia que era coisa boa. E de fato é delicioso esse antepasto, e como disse nossa linda amiga, é uma ótima opção e salvação para quando chegam visitas inesperadas. Acho difícil quem não a conhece, e quem não a conhece, recomendo que façam uma visita ao seu blog, tem delicias a perder de vista. Passem por lá e confiram! A receita à risca esta AQUI

Rachelzita minha querida, obrigada, foi aprovadissimo por todos

Ingredientes

3 abobrinhas italianas
2 dentes de alho
3 colheres (sopa) de sal
Azeite  a gosto

Modo de preparo

Corte as abobrinhas em rodelas finíssimas (se tiver, use fatiadores de legumes). Coloque o sal e deixe aproximadamente 2 horas. Agora jogue o líquido que sair e esprema bem com as mãos a abobrinha.


Coloque em uma vasilha de vidro, esprema o alho bem miudinho  e regue com bastante azeite. 
Gente! quanto mais tempo fica na geladeira mais gostoso fica. Experimentem!

Bom Apetite!!

Pão Doce de Mandioquinha


Essa receita de pão doce já tenho a muito tempo, ao contrário do que muitos pensam, a mandioquinha (ou batata baroa) não deixa a massa pesada, fica super leve, com uma textura macia, um aroma gostoso e o sabor delicioso. Quentinha saindo do forno, com uma manteiguinha ou geléia de sua preferência, é perfeito! Experimentem!

Ingredientes

350 grs de mandioquinha
+ ou - 750 grs de farinha de trigo
2 ovos
1 lata de leite condensado
3/4 xícara (chá) de leite
2 colheres (sopa) de margarina
2 colheres (sopa) de óleo
2 tabletes de fermento fresco para pão
1/2 xícara (chá) de açúcar
OBS: O açúcar você adiciona, se quiser um pão doce docinho, por que sómente o leite condensado não fica doce)

Modo de preparo

Cozinhe a mandioquinha em água. Quando estiverem macias, passe-as pelo espremedor. Reserve.
Em uma tigela, coloque a mandioquinha já fria, ou bem morninha, os ovos ligeiramente batidos, o leite condensado, o açúcar, a margarina e o óleo. Misture muito bem. Acrescente o fermento diluído no leite morno. Vá acrescentando a farinha de trigo, alternada com o leite. Despeje a massa em uma bancada enfarinhada e sove a massa, até absorver toda a farinha. Essa massa não fica seca e lisa até desgrudar das mãos como as outras, ela fica um pouco grudenta, é o ponto certo.
Deixe dobrar de volume por aproximadamente 1 hora.
Unte e enfarinhe uma forma redonda, ou a seu gosto e disponha o pão. Deixe crescer por mais meia hora. Pincele com gema de ovo e leve ao forno préaquecido a 200ºC por 30 minutos ou até dourar.






Bom Apetite!!

Calabresa ao Forno c/Batatas, Cebola, Tomate e Louro da Fê


Olá pessoal, essa receita já faz um tempinho que queria fazer assim que vi no blog da querida Fê, o Na Cozinha lá de Casa um cantinho recheado de delicias. A Fê é uma mineirinha muito querida por muitas de nós.  Nos presenteia todos os dias com pratos saborosos, variados e de dar água na boca. Aqui em casa gostamos muito de receitas assim quase completas, por que podemos servir com um arroz branco, com uma salada verde, ou como a Fê mesmo disse, como aperitivo ou pãozinho. Delicioso. Se voce não conhece o blog dela passem por lá, tenho certeza que vão adorar. 
A receita à risca está AQUI

Obrigada Fê, foi aprovadissimo!

Ingredientes

2 calabresas grandes fatiadas na diagonal
3 tomates cortados em pedaços
2 cebolas cortadas em pedaços
1 pimenta dedo de moça verde (eu não tinha, substitui por pimentão vermelho)
6 batatas bolinhas (usei 3 batatas médias cortadas em quatro)
1 folha de louro
1/2 xícara (chá) de vinho branco seco
azeite a gosto
sal a gosto
ervas secas a gosto (usei um mix de ervas)
manteiga para untar


Modo de preparo

Lave as batatas e deixe-as em água e vinagre por cerca de 20 minutos. Após esse tempo, corte-as em quatro e reserve. Em um refratário untado com manteiga, coloque as batatas, a calabresa, os tomates, as cebolas e o pimentão. Misture. Regue com o vinho, polvilhe sal, as ervas e o louro.

Regue com azeite, cubra com papel alumínio, e leve ao forno médio préaquecido, por aproximadamente 40 minutos. Em seguida, se as batatas já estiverem macias, retire o alumínio e volte ao forno para dourar.

Bom Apetite!!

Bolo de Coco


Domingo a tarde, nada para fazer, dia chuvoso e frio, o que fazer? Fui à caça das minhas revistinhas de culinária e certa do que eu queria. Um bolo de coco, mas um bolo de coco bem gostoso, sem recheio porém, com uma cobertura que matasse a minha vontade enorme de comer um doce. Procurei, procurei e não achei nadica de nada. Resolvi fazer um bolinho simples mas com uma cobertura que na verdade estava escondida la no fundinho da minha memória. Sabe aquelas que não tem segredo nenhum? Mas que é uma delicia? Pois foi assim que nasceu esse bolinho

Ingredientes

3 gemas
2 xícaras (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) cheias de margarina
2 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada
1 xícara (chá) de leite
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (chá) de essência de baunilha
3 claras em neve firme

Cobertura

1/2 lata de leite condensado
50 grs de coco ralado

Modo de preparo

Batas as claras em neve bem firme e reserve. Na batedeira bata o açúcar com a margarina até obter um creme claro e fofo, adicione as gemas uma à uma e continue batendo. Acrescente a farinha de trigo alternada com o leite e a essência de baunilha, sempre batendo. Desligue a batedeira e adicione o fermento e as claras, misture tudo delicadamente. Leve em uma forma de bolo inglês untada e enfarinhada em forno préaquecido a 180ºC por aproximadamente 45 minutos.

Retire o bolo do forno e ainda quente, despeje o leite condensado por cima do bolo e salpique o coco ralado. 





Bom Apetite!!



Pessoal, dia 21 domingo passado foi a Blogagem Coletiva As Cores do Arco Iris  que a Margarida do blog Tachos versus Panelas está promovendo, ela escolheu a cor BRANCA, e um dia antes ela passou a incumbência de escolher uma pessoa participante, para que essa pessoa escolhesse a próxima cor. E eu fui a escolha da vez, fiquei em dúvida, pois cada vez que pensava em um prato, era e cor escolhida, pensava em outro, mudava a cor. Enfim, decidi por uma, afinal essa é uma tarefa fácil. Então para a próxima Blogagem das cores que será dia 21/05/ escolhi a cor VERMELHA
Um dia antes da blogagem, vou escolher uma pessoa  e passar a bola pra ela ok?
Então não esqueçam, cor VERMELHA. Usem as cacholas e mãos à obra.
Você ainda não está participando? Participe, vai adorar!
Para maiores detalhes clique AQUI

Kibe de Berinjela do Augusto


Olá pessoal! Hoje eu quis começar  minha Segunda Sem Carne com uma receita que curiosamente  nunca havia provado, justo eu que sou grande apreciadora da berinjela. E fazendo as minhas visitas encontrei essa receita no blog do querido Augusto o Mosaiko de Receitas que foi buscar a receita lá na Cecilia do Yes We Cooking. Fiquei mais interessada ainda, por ser uma receita  fácil de fazer, com poucos ingredientes  e o principal para o meu dia de hoje, não vai carne, e como o Guto disse, quem não sabe, nem percebe que não vai carne. Achei o resultado delicioso, uma refeição leve, super saudável e ótima para acompanhar uma saladinha. Se voce não conhece o Augusto, vai adorar conhecer, é um cozinheiro de mão cheia, super carinhoso, uma pessoa que realiza suas receitas com dedicação. Em todas suas receitas Guto finaliza com o Pulo do Gato onde lá ele sempre faz suas considerações sobre a receita, dá dicas, e sugestões valiosas. A receita à risca está AQUI

Gu, deliciosa essa berinjela, adoramos. Obrigada!!

Ingredientes

2 berinjelas médias sem casca
2 limões
1 xícara de trigo para kibe
3 colheres (sopa) de amêndoas picadinhas
2 colheres (sopa) de castanha de caju
1 xícara (chá) de cheiro verde picadinho (usei hortelã)
1 cebola grande ralada
5 colheres (sopa) de azeite de oliva
1/2 colher (chá) de canela em pó
sal, pimenta do reino e cominho a gosto

Modo de preparo

Deixe o trigo de molho em 1/2 litro de água por 30 minutos. Coloque a berinjela numa tigela, salpique sal e suco de 1 limão, e deixe de molho também por 30 minutos.



Em seguida, lave bem a berinjela em água corrente e bata no processador (pode ser no liquidificador como o Guto disse) até virar uma pasta. Reserve metade, e na outra parte, acrescente o trigo bem escorrido (aperte bem o trigo para tirar todo o excesso de água), o suco do outro limão, a cebola, as folhas de hortelã, as castanhas, 3 colheres do azeite e o restante dos temperos. Reserve. Leve ao fogo a outra parte da berinjela triturada com as 2 colheres de azeite restantes por uns 5 minutos até refogar bem. Acerte o sal e temperos a gosto. Coloque metade da massa de trigo em um refratário e alise bem, coloque o recheio de berinjela refogada, cubra com o restante da massa de trigo.  Risque a massa em diagonal com a ajuda de uma faca molhada.Salpique mais um pouco de castanhas ( eu coloquei amêndoas para decorar ). Leve ao forno préaquecido a 180/200ºC por cerca de 1 hora. Sirva com limão. Eu servi acompanhado com uma salada de alface, tomates e cebola.

Essa receita fiz ontem, e reservei sem assar na geladeira. Hoje levei ao forno só para assar.

Bom Apetite!!

 

DESEJO ÓTIMA SEMANA À TODOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics