Carregando...

Brioche Recheado de Presunto e Queijo da Beth



Esse brioche vi a primeira vez no blog da querida Beth do Os Sabores da Beth
Logo que vi, salvei a receita e deixei na fila de espera. Mas passado uns dias, estava no blog de outra querida, a Irene do Danni e Lype. Aí não teve jeito a tentação foi em dobro, tanto um quanto o outro ficaram lindissimos. A Beth usou como recheio presunto, queijo e chouriço, e a Irene escolheu Pepperoni. Com duas feras na cozinha como elas, não resisti e fiz também. Se voces não conhecem a Beth e a Irene, recomendo passarem pelos blogs delas, que igualmente são tão queridas por muitas de nós.
A receita original da Beth está AQUI.
A receita da Irene está AQUI
E a minha abaixo hehe. Tentei mas não consegui deixar o meu tão lindo como o delas, mas ficou muito gostoso. Adoramos.
Obrigada Beth e Irene

Ingredientes

350 grs de farinha de trigo
15 grs de fermento de pão
1 ovo
1 pitada de sal
2 colheres (sopa) de açúcar
100 grs de manteiga c/ sal em temperatura ambiente
175 ml de leite morno

Recheio

200 grs de presunto fatiado
200 grs de mussarela fatiada
2 tomates fatiados temperados
queijo ralado a gosto 
gema e azeite para pincelar

Modo de preparo

Colocar a farinha de trigo em uma tigela, fazer um buraco no meio e acrescentar o sal, o açúcar, o ovo e a manteiga. Dissolver o fermento no leite morno e acrescentar também na farinha de trigo. Misturar bem e sovar um pouco a massa. Cobrir com um pano de prato e deixar crescer até dobrar de volume.
Dividir a massa em dois pedaços. Abrir um pedaço de massa de cada vez, rechear com as fatias de presunto, os tomates temperados c/azeite e óregano e fatias de mussarela. Enrolar como um rocambole e cortar em triângulos.


Untar uma forma redonda pequena com óleo e polvilhar com farinha de trigo. Colocar os pedaços da massa, distribuindo de forma irregular. Deixar crescer novamente. Pincelar com gema misturada com azeite e polvilhar com queijo ralado.Assar em forno pré-aquecido até dourar.


Bom Apetite!!

Bolo de Batata-Doce e Maple Syrup da Ginja

Esse delicioso bolo tirei da querida Ginja do blog Ananás e Hortelã. Ficamos aqui em casa deslumbrados com o sabor que a batata doce juntamente com o mel provoca. Sempre tive vontade de fazer um bolo com a batata doce, por incrível que possa parecer, nunca havia provado e vi quanto tempo foi perdido. O dia que vi essa receita lá na cozinha da Ginja, perguntei a ela o que era Maple Syrup (vergonhoso não saber isso né),mas a minha curiosidade foi tanta que descobri que era um tipo de melado usado muito pelos americanos em waffles e panquecas, perguntei se poderia substituir pelo mel, logo em seguida ela me explicou que era um melado porém mais líquido que o mel, e me sugeriu que eu usasse  o mel, ou seu eu preferisse que substituísse por metade de mel e metade de suco de laranja. Como eu tinha esses dois tipos de mel em casa.
Pensei comigo, vou usar o mais líquido que poderá ser mais próximo ao Maple Syrup.  E foi o que fiz, certamente não ficou igual, porém, o resultado foi excelente. Como ela disse, é viciante a cada fatia. Falando em fatia, não sei por que o meu ficou com buraquinhos parecendo um queijo hehe.
Pois bem, creio que provavelmente a maioria de vocês conhecem o blog da Ginja, um doce de pessoa, que nos encanta com suas receitas e seus textos carregados de inspirações que nos fazem sentir como se estivéssemos ali, na sua cozinha saboreando um dos seus quitutes, juntamente com um chá reconfortante, em uma gostosa tarde de outono. Se não a conhecem, passem por lá e entenderão do que estou falando. A receita à risca estáAQUI

Ginja querida obrigada por compartilhar essa delicia, adoramos

Ingredientes

1 xícara (chá) de batata doce passada pelo espremedor
2 ovos
1/2 xícara (chá) de mel
1 colher (sopa) de água
1/4 xícara (chá) de azeite
1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 xícara (chá) de açúcar (ela usou açúcar amarelo)
1 colher (chá) de canela em pó

Modo de preparo

Pré aquecer o forno a 180ºC  e untar uma forma de bolo inglês. Reserve.
Em uma tigela, coloque os ovos, o mel, a água e o azeite. Bata muito bem, até ficar homogêneo. Bati na mão mesmo com a ajuda de um fouet.  Adicione a batata já fria e misture muito bem.
Em outra tigela, coloque a farinha, junte o fermento, o açúcar e a canela. Adicione a mistura da batata, e envolva suavemente sem bater muito. Despeje a massa na forma


Leve para assar, até dourar e faça o teste do palito.

Na receita não pede, mas eu salpiquei açúcar de confeiteiro depois do bolo pronto.


Bom Apetite!!






Torta de Alho Poró e Palmito da Sonia (Suné)


Pessoas queridas vocês já comeram algo tão bom, mas tão bom que deu vontade de ter um dia de Ana Maria Braga e passar por debaixo da mesa, chamar os cachorros e dizer em alto e bom som Hummmmmmmm???????
Pois amigos, acreditem essa torta que tirei do blog da querida Sonia do  Blog da Dona Sonia (Suné) foi a torta de alho poró mais deliciosa que já comi na minha vida.
Não sei se pelos ingredientes que vai, não sei se é por causa da massa, não sei se é o conjunto todo, só sei que é maravilhosa. A Sonia tem muitas receitas boas naquela cozinha, simples, geralmente fáceis de fazer e sempre com resultados surpreendentes. Passem pelo blog dela, e se preparem para fazer uma listinha de receitas para experimentar. A receita à risca está AQUI

Obrigada querida Sonia, aqui em casa adoraram e já pediram repeteco.

Ingredientes

150g de margarina
1 pitada de sal
1 ovo
1 copo de iogurte natural
1 colher (sopa) de fermento em pó
3 xícaras (chá) de farinha trigo peneirada.
ovo para pincelar
Queijo para polvilhar
 Recheio
1 vidro de palmito
1/2 xícara (chá) de champignon fatiado
2 alhos poró grandes cortados em fatias bem finas (só a parte branca)
cheiro verde a gosto
2 tomates sem pele picadinhos
1 cebola picada
3 dentes de alho amassados
1/2 xícara (chá) de leite
2 colheres (sopa) de amido de milho
1 xícara (chá) de requeijão cremoso light
Modo de preparo
Primeiramente prepare o recheio, para poder usá-lo frio.
Pique uma parte do palmito, mas deixe alguns para cortar em rodelas maiores e misture só no final da preparação do recheio.
Frite o alho no óleo, refogue a cebola e o alho-poró, junte o tomate, o palmito picadinho, o champignon, sal, a pimenta e os temperos e cozinhe bem. 
Junte cheiro verde a gosto. Adicione o amido de milho diluído no leite, e deixe ficar bem cremoso.
Acrescente os pedaços maiores de palmito e misture o requeijão. Reserve.
Para fazer a massa, em uma tigela misture a margarina, o sal, o ovo, o iogurte e o fermento.
Acrescente a farinha peneirada aos poucos e amasse bem 
Forre uma assadeira untada e enfarinhada com a metade da massa e coloque o recheio.
Cubra com o restante da massa, pincele com gema, e polvilhe queijo ralado.
 Leve ao forno médio por 30 minutos ou até ficar dourada.

Bom Apetite!!

Gelatina Inclinada da Selene


Olá pessoal!!
Desde o dia que vi essa gelatina inclinada no blog da querida Selene o As Receitas da Selene
fiquei com vontade de fazer. Acho que fica um visual tão bonito e diferente, além de saborear uma sobremesa com esse calor que anda fazendo é uma delicia né?  Se voces não conhecem o blog, convido a todos para irem lá conhecer, ela tem diversas receitas fáceis, práticas e deliciosas naquele cantinho. Tenho certeza que voces vão gostar muito. Fiz uma pequena adaptação na receita, mas segue AQUI a receita à risca

Obrigada Selene! Adoramos.


Ingredientes

2 caixinhas de gelatina de morango
500 ml de água fervente
250 ml de água gelada
1 caixinha de creme de leite (Aqui a Selene usou 250ml de leite)

Modo de preparo

Prepare 1 caixinha de gelatina conforme instruções da embalagem. Use 250 ml de água fervente, dissolva a gelatina e adicione 250 ml de água gelada. Misture muito bem, e coloque o líquido em taças. Em uma forma de bolo inglês, dispus as taças de modo que ficassem inclinadas, e com a ajuda de um pano de cozinha, para que não tombassem. Levei à geladeira até ficar bem firme.
Em seguida, prepare outra caixinha de gelatina, com os 250ml de água fervente, e coloque no liquidificador, acrescente o creme de leite e bata muito bem. Espere esfriar bem, e bata novamente. Despeje cuidadosamente dentro das taças. Leve novamente à geladeira, e deixe ficar bem firmes.

Ficam lindas

E deliciosas

Bom Apetite!!

Abóbrinha Assada e Suco de Sorvete de Uva

Olá pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que estejam todos bem. Para não perder o costume minha Segunda Sem Carne se inicia com um dos meus legumes preferidos. Quem se arrisca a adivinhar???? Essa é fácil não é? A abóbrinha, claro!
Hoje cedo já fui a minha geladeira e preparei ela e uma torta de palmito que vou postar aqui na quarta feira,deliciosa, que peguei no blog de uma querida amiga, a Sonia, mas quarta falo mais dela. Comemos essa abóbrinha assada,que ficou muito gostosa, a torta e fiz também suco de sorvete de uva, uma invenção que ficou muito boa. Vamos a receitinha que é muito simples

Ingredientes

2 abóbrinhas cortadas em rodelas
1 cebola fatiada
3 dentes  alho cortados em lâminas
1 tomate cortado em tiras
sal a gosto
temperos a gosto
Usei meu mix de temperos (manjericão, óregano, tomilho,sálvia) a gosto
azeite a gosto

Modo de preparo

Misture tudo muito bem. Tempere com azeite e leve ao forno coberto com papel de alumínio em uma assadeira. Na metade do tempo, retire o papel alumínio e deixe assando até obter uma cor dourada.


Suco de Sorvete de Uva

Já tinha uns dois meses que eu tinha uma caixinha de sorvetes de uva de palito, aberto dentro do freezer, e tinham sobrado 3 picolés que estavam rolando faz tempo por lá. Decidi fazer um suco usando os picolés. Ficou delicioso, e super geladinho. Fiz assim:

Ingredientes

3 picolés de uva
1/2 caixinha de leite condensado
1 xícara de leite
2 xícaras de suco concentrado de uva

Bater tudo no liquidificador e sirva imediatamente.

Esse foi meu almoço da minha Segunda Sem Carne

Bom Apetite


Ótima Semana a Todos

Meme dos 11/Mensagem de Domingo




A Silene, dona do blog Vivendo e Aprendendo a Cozinhar é uma amiga muito querida.  Em setembro do ano passado ela teve que dar uma pausa no blog, e para minha grande surpresa, abriu as portas do seu cantinho novamente em fevereiro desse ano, e como ela mesma disse: O bom filho a casa torna. E nós ficamos muito felizes com isso Silene, seja muito bem vinda sempre querida.
E assim sendo, essa menina arteira me enviou uma brincadeira que como uma senhora também arteira que sou eu,  aceitei sem pestanejar, afinal de contas, vale muito a pena, conhecermos um pouquinho mais as pessoas que visitamos todos os dias e que nos visitam também. Vale a pena sempre brincar, interagir com pequenos gestos como estes, para termos a oportunidade de conhecermos mais as pessoas das quais aprendemos a admirar não é? Pois então, ela me enviou essa tag, e as regras são:

  • Escrever 11 fatos aleatórios sobre você no blog;
  • Responder as 11 perguntas que a pessoa que a tageou fez pra você;
  • Criar 11 novas perguntas para as pessoas que você taguear;
  • Escolher as 11 pessoas que vai taguear e as linkar no seu post;
  • Avisar as 11 pessoas escolhidas que você as tagueou (não as taguear de volta);
  • Colocar as regras no post.
Então, vamos à brincadeira

11 fatos aleatórios sobre mim

1 - Gente, adoro essa vida de blogueira
2 - Sou filha única, casei com filho único e tenho uma única filha (deprimente)
3 - Fiz 3 anos de faculdade de Psicologia e tranquei quando tive minha filha (nunca +voltei)
4 - Meu sonho é ter um (ou dois pelo amor de Deus) netos
5 - Gente adoro novela (pode?)
6 - Trabalhei 13 anos no falido Banco Nacional
7 - Amo dirigir, mas o trânsito está cada dia pior
8 -Como a maioria sabe, adoro animais de paixão
9 -Adoro crianças, me divertem muito e adoro bagunçar com eles
10-Os idosos me encantam, não lhe dê as costas, eles tem muito a nos ensinar
11-As pessoas que mais amei e amo na minha vida: Meu pai, minha mãe e minha filha

Agora, vou responder as perguntas que me foram enviadas pela Silene

1 - O que te levou a ter um blog?
R - Sempre gostei de cozinhar, e o pessoal que gosta dos meus quitutes, sugeriram que eu fizesse um blog culinário, no inicio relutei muito, mas como estava acostumada já em visitar alguns blogues culinários, pensei e por que não? Daí o nascimento dele.

2 - Qual seu passatempo preferido ( blogar não vale)
R - Ler, adoro ler, quase todos os tipos de livros, quando tenho tempo, é o que mais gosto de fazer, mas troco por um cinema, amo filmes.

3 - Se tivesse dirigindo em uma longa estrada, qual música ouviria?
R - De preferência músicas suaves e ralaxantes

4 - Se tivesse a oportunidade de um encontro pessoal com Deus, o que diria a Ele?
R - Obrigada por me carregar em seus braços quando mais precisei de ti

5 - O que te faz lembrar da sua infância?
R - Meu pai me ensinando andar de bicicleta

6- O que te faz pensar que a vida vale a pena?
R -O fato de estar viva e com sáude

7 - Você já teve um sonho realizado? Qual?
R - Sim, ser mãe

8 - Você se arrependeu de alguma coisa na vida?
R - Sim, várias, cito uma: Deveria ter tido mais filhos

9 - Tem alguma guloseima que você gostava de comer quando criança e que depois de adulto nunca mais comeu?
R -Pamonha, passei tão mal com uma, que nunca mais comi

10 - Resuma a sua vida em uma palavra.
R -  Eternamente aprendiz, estamos sempre aprendendo algo

11 - Tem algum conselho ou dica que possa me dar para eu perder o medo de dirigir? (essa resposta eu aguardo anciosa, rsrs)
R - Dirija em ruas com muito trânsito, perde o medo rapidinho

Silene, me desculpe, mas vou sair das regras dessa vez por que muitos que quero convidar, já foram convidados, e muitos também, não tem tempo, ou simplesmente não gostam, claro que é um direito que lhes cabe, então prefiro que todos que se interessaram e quiseram participar da brincadeira, sintam-se convidados, apenas as perguntas que me foram feitas serão iguais ok

Querida  Silene obrigada pelo convite. Gostei muito.

E para encerrar minha postagem de hoje, como todo domingo, deixo uma mensagem para refletirmos






A ESCOLA DOS BICHOS


Conta-se que vários bichos decidiram fundar uma escola. Para isso reuniram-se e começaram a escolher as disciplinas.
O pássaro insistiu para que houvesse aulas de vôo.
O esquilo achou que a subida perpendicular em árvores era fundamental.
E o coelho queria de qualquer jeito que a corrida fosse incluída.
E assim foi feito, incluíram tudo, mas...cometeram um grande erro.
Insistiram para que todos os bichos praticassem todos os cursos oferecidos.
O coelho foi magnífico na corrida, ninguém corria como ele. Mas queria ensiná-lo a voar.

Colocaram-no numa árvore e disseram: " Voa, coelho"
Ele saltou lá de cima e "pluft"...coitadinho!
Quebrou as patinhas
O coelho não aprendeu a voar e acabou sem poder correr também.
O pássaro voava como nenhum outro


Mas o obrigaram a cavar buracos como uma toupeira.
Quebrou
o bico e as asinhas,
E depois não conseguia voar tão bem, e nem mais cavar buracos.
Sabem de uma coisa?
Todos nós somos diferentes uns dos outros e cada um tem uma ou mais qualidade próprias dadas por Deus.
Não podemos exigir ou forçar para que as outras pessoas sejam parecidas conosco ou tenham nossas qualidades.
Se assim agirmos, acabaremos fazendo com que elas sofram, e no final,
Elas poderão não ser o que queríamos que fossem, e ainda pior,
Elas poderão não mais fazer o que faziam bem feito.


RESPEITAR AS DIFERENÇAS, É AMAR AS PESSOAS COMO ELAS SÃO.


Autora: Rosana
Rizzuti

Imagens: Google

Resultado do Concurso Cultural Panco

É com grande satisfação que trago hoje o resultado do Concurso Cultural PANCO, que foi um sucesso.
Agradeço a todos que participaram, se empenharam, e usaram de criatividade trazendo tantas frases bonitas. Agradeço a toda a equipe Panco pela parceria e oportunidade através desse concurso ao presentear um dos meus leitores. Vamos ao ganhador?


Participante vencedora: Fabiola Passeto
Frase vencedora:
Qual produto você gostaria que a Panco lançasse ou relançasse? 

Eu queria que a Panco lançasse em um pequeno pacotinho o gostinho do sorriso de uma criança, a paciência de uma mãezinha, a abraços terno de um pai e os risos e doçuras das vovós. É... mas na verdade acho que a Panco já lançou tudo isso em cada produto que fez, cercado de muito carinho e dedicação!

Fabiola a Panco entrará em contato via email. Você terá 72 (setenta e duas) horas contadas a partir de 23/03/2012, para informar à instituição organizadora o endereço completo para entrega do prêmio. O prêmio será entregue em até 40 dias, após você informar seus dados para envio do kit Panco.

Parabéns



A PANCO agradece a todos(as) que participaram do concurso cultural, enviando suas mensagens. Ficamos emocionados em saber que nossos(as) consumidores(as) têm uma relação de carinho e afeição com os produtos da marca PANCO. Esperamos que essa confiança seja mantida e que, em cada produto e lançamento feito com todo "Amor, Carinho e Dedicação", possamos transformar as refeições em momentos mágicos de FELICIDADE, PRAZER e HARMONIA.

Quiche de Cebolas Caramelizadas

A um tempo atrás vi essa receita em algum site de culinária que não me recordo. Nós gostamos muito de cebolas, e gostamos muito também de sabores agridoces. Se vocês não conhecem ou nunca fizeram, o que acho improvável, e para quem gosta de cebolas como nós, com certeza vão adorar. Fica deliciosa. Experimentem!!

Ingredientes

1 1/4 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de sal
100 grs de manteiga gelada
1 ovo

Recheio

2 cebolas fatiadas
1 colher de manteiga
1 xícara (chá) de creme de leite fresco
1 xícara (chá) de leite
2 ovos
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de shoio
noz moscada a gosto

Modo de preparo

Em uma tigela coloque a farinha, o sal e misture bem. Adicione a manteiga e misture com a ponta dos dedos até obter uma farofa. Adicione o ovo ligeiramente batido e mexa bem até obter uma massa lisa. Reserve na geladeira por 30 minutos.
Enquanto isso prepare o recheio, leve em uma panela a manteiga para derreter e adicione a cebola. Refogue até ficar macia, salpique o açúcar e espere que a cebola caramelize, adicione o shoio misture bem e desligue o fogo. Reserve.
Em uma tigela misture o leite, o creme de leite, os ovos e tempere com a noz moscada e o sal. Abra a massa e forre uma assadeira redonda de fundo falso, fure com um garfo e leve para assar em forno préaquecido até ficar firme.

Retire do forno e despeje o creme

Por cima distribua as cebolas. Retorne a quiche ao forno e asse até dourar e o creme ficar firme e consistente.

Sirva com uma salada verde.

Bom Apetite!!

Bolo de Chocolate Delicioso


Pessoal, aqui em casa de vez em quando preciso fazer um bolo de chocolate, pois,nós somos chocólatras assumidos. Mas queria um bolo simples, desses de liquidificador, rápido e prático. As receitas que tenho são aquelas normais de bolo de chocolate simples, mas eu quis dar uma modificada, mesmo com receio que desse errado. Ao invés de acrescentar 1 xícara de leite, eu troquei por 1 copo de iogurte natural,  e meia xícara de leite. Eu posso lhes garantir que foi o melhor bolo simples de chocolate que já comi na minha vida. Sempre soube que o iogurte dá uma leveza e uma textura macia aos bolos, mas não imaginava que iria ficar tão gostoso e molhadinho. A cobertura não iria fazer parte, mas meu pessoal diz que bolo de chocolate simples sem cobertura não combina com café ou um chá, mas sim combina simplesmente com cobertura. E assim fiz, o sacrificio


Ingredientes

1 copo de iogurte natural
1/2 xícara (chá) de leite
4 ovos
1/2 copo de óleo de milho ou canola
1 xícara (chá) de açúcar
3/4 xícara (chá) de chocolate do padre
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto o fermento. Bata por 2 minutos, desligue o liquidificador e adicione o fermento em pó. Misture bem, até incorporar à massa. Unte uma forma de buraco no meio, com margarina e farinha de trigo. Despeje a massa, e leve ao forno préaquecido a 180ºC  por aproximadamente 40 minutos, aumente a temperatura e deixe assar por mais 10 minutos, ou faça o teste do palito.

essa foto ficou super desfocada e feia

Para a cobertura, leve 300 grs de chocolate meio amargo no microondas e depois de derretido, acrescente 1/2 xícara (chá) de creme de leite, mexa muito bem até obter um creme liso e brilhante. Cubra o bolo depois de morno



Bom Apetite!!

Meus amigos e amigas, desculpem minha ausência andei meio adoentada mas já estou me sentindo melhor graças a Deus. Aos poucos faço questão de visitar a todos e ver o que voces andaram fazendo!! hehe
Bjos a todos

Bolo Linea Supreme Panco


Olá pessoal!! Como eu venho dizendo a alguns meses atrás a qualidade PANCO se faz sempre presente aqui na minha casa. Hoje trouxe para vocês a linha de Bolos Linea Supreme.
São bolos Premium, desenvolvidos com ingredientes nobres como: Castanhas, licores, gota de chocolate, etc. A receita é rica em itens especiais. São bolos de 250 grs e ideais para serem consumidos em momentos especiais
Voce vai encontrar os sabores: Bolo Gotas de Chocolate, Bolo de Laranja Cristalizada com Licor de Amareto, Bolo Integral com Castanha do Pará e Canela e Bolo de Chocolate com Avelã e Licor de Cassis
Tive a oportunidade de provar todos e confesso que gostei de todos, cada um tem seu sabor único  e especial.

Bolo Gotas de Chocolate

Delicioso, recheadinho com gotas de chocolate, super macio e fresquinho



Bolo de Laranja Cristalizada c/Licor de Amareto

Esse achei especialmente delicioso, com um sabor suave de Licor de Amareto e com grande quantidade de pedacinhos de laranja cristalizada, em uma massa úmida e super macia. Adorei este, aprovadissímo por mim e pelo meu pessoal


Bolo Integral c/Castanha do Pará e Canela

Esse é surpreedentemente delicioso perfeito para acompanhar um cházinho com um leve toque de canela e pedacinhos de castanhas. Gostei muito


Bolo de Chocolate c/ Avelã e Licor de Cassis

Outro que foi muito apreciado aqui em casa e por mim, dá para sentir os pedacinhos de avelã, e a maciez que são esses bolos, de fato é surpreendente. Muito bom com um sabor especial de Cassis

Enfim, todos esses bolos da Linea Supreme foram aprovadissimos por mim e minha familia, super fresquinhos, recheados e deliciosos. São realmente nobres e especiais

Se quiserem conhecer mais produtos PANCO  e saber de mais novidades acesse

A PANCO está no TWITTER




Rosca Light de Queijo Branco


Escolhi essa receita para a minha Segunda Sem Carne especialmente para o lanche que vou servir para uma amiga e sua filha que vem me visitar hoje. Ela está de dieta e já conseguiu perder 6 kilos em 2 meses. Está muito feliz e confiante. Vou servir essa rosca com um suco de abacaxi e hortelã por causa do calor que está fazendo, fiz também um patê de beringela e outro de atum muito gostoso para servir com torradas light, e um bolo light de laranja super gostosinho, essas duas receitas vou trazer ainda essa semana ou começo da outra. Espero que elas apreciem a tarde com a gente em meio a muitas conversas e assuntos que precisamos colocar em dia, hehe.  Mas vamos a receita

Ingredientes

500 grs de farinha de trigo
30 grs de fermento biológico fresco
1 xícara (chá) de água morna
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de multi-adoçante
1 colher (sopa) de margarina light

Recheio

250 grs de queijo fresco light fatiado
2 tomates fatiados temperados com um fio de azeite e óregano
queijo ralado para polvilhar a rosca

Modo de preparo

Em uma tigela coloque metade da farinha de trigo, o fermento e a margarina. Misture bem. Acrescente o sal, o adoçante e o restante da farinha de trigo alternada com a água. Sove bem a massa até obter uma massa elástica e lisa. Deixe descansar por aproximadamente 1 hora.
Abra a massa, e distribua fatias de queijo, tomates e novamente queijo


Enrole como um rocambole, una as duas pontas e pincel com gema. Salpique queijo ralado e deixe crescer por mais 30 minutos. Leve ao forno pré-aquecido até dourar


Bom Apetite!!

 Ótima Semana a Todos!!

Minimamente Feliz




 “A felicidade é a soma das pequenas felicidades”.

Li essa frase num outdoor em Paris e soube, naquele momento, que meu conceito de felicidade tinha acabado de mudar.
Eu já suspeitava que a felicidade com letras maiúsculas não existia, mas dava a ela o benefício da dúvida.
Afinal, desde que nos entendemos por gente aprendemos a sonhar com essa felicidade no superlativo.
Mas ali, vendo aquele outdoor estrategicamente colocado no meio do meu caminho (que de certa forma coincidia com o meio da minha trajetória de vida), tive certeza de que a felicidade, ao contrário do que nos ensinaram os contos de fadas e os filmes de Hollywood, não é um estado mágico e duradouro.



Na vida real, o que existe é uma felicidade homeopática, distribuída em conta gotas.
Um pôr-de-sol aqui, um beijo ali,


 Uma xícara de café recém-coado, um livro que a gente não consegue fechar,

 

 Um homem que nos faz sonhar, uma amiga que nos faz rir.

 São situações e momentos que vamos empilhando com o cuidado e a delicadeza que merecem alegrias de pequeno e médio porte e até grandes ainda que fugazes alegrias.
Eu contabilizo tudo de bom que me aparece, sou adepta da felicidade homeopática
Se o zíper daquele vestido que eu adoro volta a fechar (ufa!) ou se pego um congestionamento muito menor do que eu esperava, tenho consciência de que são momentos de felicidade e vivo cada segundo.



Alguns crescem esperando a felicidade com letras maiúsculas e na primeira pessoa do plural: Eu me imaginava sempre com um homem lindo do lado, dizendo que me amava. Agora, se descobre que dá pra ser feliz no singular: Quando estou na estrada dirigindo e ouvindo as músicas que eu amo, é um momento de pura felicidade. Olho a paisagem, canto, sinto um bem-estar indescritível.






Uma empresária que conheci recentemente me contou que estava falando e rindo sozinha quando o marido chegou em casa. Assustado, ele perguntou com quem ela estava conversando: Comigo mesmo, respondeu. Adoro conversar com pessoas inteligentes.
Criada para viver grandes momentos, grandes amores e aquela felicidade dos filmes, a empresária trocou os roteiros fantasiosos por prazeres mais simples e aprendeu duas lições básicas: que podemos viver momentos ótimos mesmo não estando acompanhadas, e que não tem sentido esperar até que um fato mágico nos faça felizes.
Esperar para ser feliz, aliás, é um esporte que abandonei há tempos.

E faz parte da minha dieta de felicidade o uso moderadíssimo da palavra ‘quando’.

Aquela história de quando eu ganhar na Mega Sena, quando eu me casar, quando tiver filhos, quando meus filhos crescerem, quando eu tiver um emprego fabuloso, quando encontrar um homem que me mereça, tudo isso serve apenas para nos distrair e nos fazer esquecer da felicidade de hoje.
Esperar o príncipe encantado, por exemplo, tem coisa mais sem sentido?



Mesmo porque quase sempre os súditos são mais interessantes do que os príncipes; ou você acha que a Camilla Parker-Bowles está mais bem servida do que a Victoria Beckham?
Como tantos já disseram tantas vezes, aproveitem o momento, amigos.
E quem for ruim de contas recorra à calculadora para ir somando as pequenas felicidades.
Podem até dizer que nos falta ambição, que essa soma de pequenas alegrias é uma operação matemática muito modesta para os nossos tempos.
Que digam!
Melhor ser minimamente feliz várias vezes por dia do que viver eternamente em compasso de espera

Leila Ferraz, jornalista

Imagens: www.google.com

                                                           Feliz Domingo a Todos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics